Investimentos anunciados para o Estado de São Paulo totalizam US$ 18,7 bilhões em 2017

Esse montante representa avanço de 133% em relação ao valor apurado pela Piesp em 2016 (US$ 8,0 bilhões).

Dos recursos totais divulgados ao longo do ano, 45,3% (US$ 8,4 bilhões) referem-se a investimentos em infraestrutura; 38,8% (US$ 7,2 bilhões) à indústria, 11,9% (US$ 2,2 bilhões) aos serviços, 2,4% (US$ 442,6 milhões) ao comércio e 1,7% (US$ 315,6 milhões) a outros setores.

Entre 2016 e 2017, os investimentos ampliaram-se em quase todos os setores, em especial na indústria, cujo montante mais que quintuplicou, impulsionado pelo ramo automotivo.

Em infraestrutura, 75% dos recursos relacionaram-se ao grupo de transportes, em que sobressaem as concessões de rodovias e aeroportos estaduais e a expansão de frota para o transporte aéreo.

A única redução ocorreu no setor de serviços (-30,5%), ainda com desempenho relativamente fraco nas atividades imobiliárias.

Mais da metade do total anunciado em 2017 concentrou-se na Região Metropolitana de São Paulo (US$ 10,5 bilhões). A Região Administrativa de Campinas representou outros 13,4% (US$ 2,5 bilhões), mantendo a vice-liderança no ranking regional. Na sequência, vêm as regiões administrativas de Sorocaba (US$ 537,6 milhões), São José dos Campos (US$ 341,8 milhões), Bauru (US$ 277,3 milhões), São José do Rio Preto (US$ 134,4 milhões), Central (US$ 130,5 milhões) e Santos (US$ 123,4 milhões).

Análise em PDF