Desempenho dos investimentos anunciados no Estado de São Paulo – 2º trim. 2020

Investimentos anunciados no 2º trimestre de 2020 para o Estado de São Paulo foram de R$ 8,7 bilhões.

Desse total, 89,1% estão relacionados à infraestrutura, 10,3% aos serviços, e 0,6% ao comércio.

O subsetor de transporte terrestre registrou o maior valor trimestral desde o início de 2014, com um empreendimento que envolve 40 municípios de várias regiões administrativas, mas sem especificação de valor para cada uma delas.

O anúncio de R$ 6 bilhões, feito pela concessionária Rumo Logística, refere-se à ampliação da capacidade de transporte da ferrovia Malha Paulista, que liga Santa Fé do Sul, na divisa com o Estado do Mato Grosso do Sul, até o Porto de Santos, em uma extensão de 2 mil km. Os recursos englobam obras, trilhos, vagões e locomotivas, para transportar cargas, como grãos, açúcar, etanol, derivados de petróleo e contêineres. A concessão da empresa, que venceria em 2028, foi renovada pelo governo federal por mais 30 anos.

Na sequência, destacaram-se outros cinco anúncios de investimentos:

. Equinix – R$ 724,2 milhões para aumento da capacidade do data center de São Paulo, visando colocation (locação para hospedagem de servidores de terceiros) e serviços de interconexão de redes

. DP World Santos– R$ 700,0 milhões para expansão da área de cais, construção de viaduto e ramal ferroviário, além de armazém, para movimentação de celulose da Suzano no terminal do Porto de Santos

. São Paulo Catarina Aeroporto Executivo – R$ 700,0 milhões para implantação, em São Roque, do primeiro terminal privado do país para voos executivos, com capacidade para 200 mil pousos e decolagens por ano, inclusive de jatos executivos intercontinentais

. Sabesp – R$ 332,0 milhões para ampliação e melhoria dos serviços de abastecimento de água em Mauá, concedidos pela Prefeitura Municipal por 40 anos

. Cortex – R$ 120,0 milhões para expansão da plataforma de big data, em São Paulo, para disponibilizar soluções de marketing e vendas a grandes empresas, a partir de dados de mercado e informações internas dos clientes

Acesse o infográfico