Investimentos anunciados no Estado de São Paulo em 2016 foram de US$ 8,0 bilhões

Em 2016, foram apurados US$ 8,0 bilhões de investimentos anunciados para o Estado.

Valores substanciais foram noticiados para investimentos de qualidade diferenciada em todos os setores de atividade econômica, envolvendo tecnologias avançadas e/ou sustentabilidade ambiental.

Dos recursos totais divulgados ao longo do ano, 40,4% (US$ 3,3 bilhões) referem-se a investimentos em infraestrutura, 39,9% (US$ 3,2 bilhões) direcionaram-se aos serviços, 17,5% (US$ 1,4 bilhão) à indústria e 2,0% (US$ 157,5 milhões) ao comércio e os 0,2% restantes (US$ 15,0 milhões) vincularam-se a outros setores.

A maioria das inversões em infraestrutura destinou-se ao saneamento básico (US$ 1,9 bilhão).

Quase dois terços dos recursos contabilizados no setor de serviços dividiram-se entre as atividades imobiliárias (US$ 1,0 bilhão) e os serviços financeiros (US$ 915,2 milhões).

Na indústria, mais de 64% do montante total estão relacionados a três subsetores: automotivo (US$ 384,2 milhões), produtos alimentícios (US$ 289,5 milhões) e minerais não metálicos (US$ 232,5 milhões).

Cerca de 38% do total de inversões divulgadas em 2016 destinaram-se à Região Metropolitana de São Paulo (US$ 3,0 bilhões), que concentrou a maioria dos recursos nos setores de infraestrutura (15,4%), serviços (68,3%) e comércio (39,7%). No entanto, sua participação na indústria (19,8%) foi inferior à das regiões de Campinas (28,6%) e do Vale do Paraíba e Litoral Norte (24,6%).

Análise em PDF